segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Centro XVII - rua Teophilo Otoni






Mais um prédio achado no Google Street View, e depois uma foto no site Flickr.com. Construção de 1883, portanto, anterior ainda à Lei Áurea, que encerrou o horror da escravidão no Brasil (1888), e à Proclamação da República (1889).

Mais um para lista de "a visitar" (e refotografar, naturalmente!). É o terceiro prédio com telhão de beiral português que eu encontro no Centro do Rio. E eu que achava que isto não existia mais por aqui...

As roupas secando na varanda do segundo andar me transportaram imediatamente para Portugal!

2 comentários:

  1. Cá está mais um dos nossos conhecidos e belos beirais!
    Estes são daqueles materiais que penso só se fabricaram no Norte de Portugal, são lusitanos mesmo, ao contrário de muitos azulejos que por aí se encontram.
    Este padrão foi muito usado, já fotografei vários no Porto e noutras cidades, mas faz um efeito bem lindo!
    Obrigada por o partilhar aqui connosco. E mais se seguirão, certamente!
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tomara que seja apenas o terceiro de muitos telhados com beirais com telhões do norte de Portugal!
      Os azulejos me parecem holandeses, mas ainda não os vi de perto, irei fazê-lo (e fazer as minhas próprias fotos) hoje.
      E espero que conservem o imóvel, pois estes dias eu descobri para meu desespero que um prédio que era lindo, de 1854, que para Rio de Janeiro é antiguidade, que era recoberto com uma variedade tão grande de azulejos, que parecia até um mostruário de fábrica, foi desfigurado, alisado (ele tinha até relevos de capitel jônico), os azulejos arrancados criminosamente, e todo pintado num amarelo canário horroroso. Uma lástima!
      bjos!

      Excluir