terça-feira, 2 de outubro de 2012

Santo Cristo III - rua Farnese





Fui consultar um catálogo de azulejos holandeses antigos, para comparar imagens, e logo no topo da página de "florais", me deparo com isso:



Quantas variações do mesmo tema! Que incrível. O que me pareceu mais aproximado do usado na casa acima, apesar da baixa resolução das imagens do Google Street View é o segundo:


Este azulejo também consta em uma página de catálogo do século XIX de uma fábrica holandesa de azulejos:



O padrão de gregas do azulejo de cercadura, e o padrão marmorizado já conhecemos aqui de um post anterior, destes prédios geminados na rua da Constituição:

detalhe dos azulejos de um imóvel na rua da Constituição, RJ.

O padrão marmorizado em destaque, em uma foto obtida de um catálogo online de azulejos holandeses antigos:


O azulejo de cercadura em gregas, em uma foto obtida do mesmo catálogo online de azulejos holandeses antigos:

Estes azulejos foram também abundamente encontrados nos cacos da escavação arqueológica da antiga praia de Santa Luzia, e já tinham sido, como quase todos os cacos, identificados pela Professora Dora como sendo holandeses.

Eu recomendo uma visita ao post anterior, sobre os prédios geminados na rua da Constituição, pois lá fiz algumas considerações sobre a massissa presença de azulejos holandeses no Rio de Janeiro.

Seguem agora mais algumas imagens com detalhes deste imóvel, que possui até mesmo figuras em faiança (infelizmente mutiladas) no portão de entrada.




2 comentários:

  1. Belíssimo este conjunto.
    Dizes que devem ser holandeses, os azulejos, e deverão ser mesmo, pois, aqui de Portugal, não reconheço o padrão.
    Estás a descobrir todo um mundo novo!
    Manel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Manel!
      Aprofundei um pouquinho mais a pesquisa, e encontrei em catálogos os azulejos usados nesta casa. Acho que definitivamente são holandeses.
      abraços!

      Excluir