domingo, 16 de março de 2014

Botafogo III - Casa de Rui Barbosa

fonte >>

A Fundação Casa de Rui Barbosa é uma instituição subordinada ao Ministério da Cultura do Brasil, que leva o nome do jurista, senador, acadêmico e ex-ministro da fazenda Rui Barbosa, funcionando na casa onde morava no Rio de Janeiro, quando de sua atuação político-intelectual.

Rui Barbosa - fonte >>

fonte >>

A casa, localizada na rua São Clemente nº 134, Botafogo, preserva o mobiliário e a biblioteca com mais de 35.000 volumes que pertenceram ao jurista, acrescidos dos acervos de João Mangabeira, Luís Viana Filho e, mais recentemente, todo acervo da biblioteca do bibliófilo Plínio Doyle, especializada em literatura brasileira.

banheiro - fonte >>

banheiro - fonte >>
cozinha - fonte >>

A casa em que viveu de 1895 a 1923, ano de sua morte, foi adquirida em 1924, com todo o seu acervo pelo governo brasileiro. Desde 1930, é o Museu Casa de Rui Barbosa, que conserva os móveis e objetos da família, a biblioteca e sua extensa produção intelectual, reunida em arquivos.

O imóvel que hoje abriga o Museu Casa de Rui Barbosa foi construído em 1850 por Bernardo Casimiro de Freitas, o futuro Barão de Lagoa. Bernardo Casimiro de Freitas nasceu no Porto, em 1813, e morreu no Rio de Janeiro, a 7 de dezembro de 1894.

(texto acima: fonte 1>>, fonte 2>>)

entrada do Museu - fonte >>

cozinha - fonte >>

cozinha - fonte >>

fonte >>
fonte >>

4 comentários:

  1. Que bonita casa mostraste hoje, caro Fábio. Achei piada teres mostrado a cozinha e a casa de banho, divisões a que se dá pouca importância a quem visita museus. Gosto de cozinhas e casas de banho antigas.

    A arquitectura geral da casa recordou-me o Palácio do Beau Sejour aqui em Lisboa, arranjada ao gosto brasileiro.

    Um abraço alfacinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luis,
      Como é uma casa museu, até mesmo a cozinha e o banheiro são peças em exposição, pois testemunham uma forma de vida de tempos passados. E os mostrei também pois é onde estão os azulejos antigas nesta casa, claro :-) .
      Mas para você ver como são áreas que a própria museologia deu destaque, há na loja miniaturas em papel para as crianças recortarem e montarem destas áreas da casa, e não apenas dos salões nobres.
      Eu recomendo a quem se interessou pela casa que procure no Google mais fotos, pois os salões e quartos são lindos.
      abraços

      Excluir
  2. Também adoro casas de banho e cozinhas antigas.Há quem tenha feito destes espaços matéria de estudo, como Ana Marques Pereira, que escreveu uma obra estupenda, intitulada"Cozinhas: espaço e arquitectura. Lisboa: Inapa, 2006", que traça a evolução das cozinhas em Portugal, nas casas nobres desde a Idade Média até ao século XX e as imagens de azulejaria são maravilhosas. Quando voltares a Lisboa, mostro-te a obra.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Maravilha (e milagre!) que uma casa dessas tenha sido preservada.

    ResponderExcluir