terça-feira, 17 de maio de 2016

Centro XXIVc - Mosteiro de São Bento

Procurando um pouco mais por fotos do acervo da Casa Museo Stanze al Genio (Palermo, Itália), finalmente fui capaz de encontrar uma variação cromática dos "azulejos" de padrão abaixo, que estão no vestíbulo da Igreja de Nossa Senhora de Montserrat (Mosteiro de São Bento):




São peças enormes, com mais de 20cm de lado.

Abaixo está a foto do acervo da Casa Museo Stanze al Genio, onde destaquei a peça que é igual ao que vemos na igreja em questão, só que em verde e manganês.



Mais uma vez, apenas para fins de comparação, um dos "azulejos" da igreja:


A Casa Museo Stanze al Genio já havia aparecido neste blog, em uma outra postagem [>>], quando eu consegui identificar como também de origem italina um outro "azulejo" usado no claustro do Mosteiro de São Bento.

Em 28/8/2014 Frédéric Almaviva, que se apresentou como um especialista sobre azulejos franceses, publicou um comentário na postagem original sobre o Mosteiro de São Bento, indicando a origem italiana destes "azulejos" acima, que seriam típicos da produção de Nápoles por volta de 1800, inspirados pelos mosaicos encontrados em Pompéia, mas que na verdade não seriam azulejos, mas sim lajotas de piso cerâmico. Porém, faltava encontrar alguma evidência maior sobre a origem dos mesmo, o que acredito que agora consegui fazer.

Quem quiser conhecer a postagem original sobre o Mosteiro de São Bento, basta seguir este link >>

2 comentários:

  1. Seu blog continua muito bom! Qual é o seu contato?

    saudações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!
      Qual seria o assunto, por favor?
      abraço

      Excluir