segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Lapa VIIIb - Igreja Nossa Senhora do Desterro

postagem original: 27/07/2016
última atualização: 25/12/2017



Hoje, num daqueles maravilhosos acidentes de internet que vez ou outra nos acontece, acabei por me deparar com um catálogo de 1898 de uma fábrica francesa de revestimentos cerâmicos, a Faiencerie de Choisy-le-Roi (Seine). Mal abri a primeira página, e não podia acreditar! Lá estavam quase todos os azulejos da Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Lapa do Desterro!

Para quem não viu a postagem original sobre esta igreja, onde contei um pouco sobre sua história, recomendo uma visita a este link [>>].


 Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Lapa do Desterro
É muito curioso como todos os azulejos usados no exterior e na sacristia e circulação interna desta igreja vieram de um mesmo catálogo. Isto quase nos permite conjecturar que uma edição deste catálogo passou nas mãos de quem fez a encomenda dos azulejos para ornamentar a igreja.









Reparem que nas torres da igreja usaram a mesma combinação de padrão/cercadura que consta no catálogo:


Vejamos agora os azulejos da sacristia e circulação interna, pois lá há a repetição do padrão usado nas torres da igreja.



E aqui estão as ilustrações no catálogo dos outros padrões usados nas fotos acima:




Por um registro fotográfico de 1885, sabemos que a igreja até este ano ainda não tinha sido azulejada, ao menos não em seu exterior.
detalhe de foto de Marc Ferrez, 1885

Devido ao pouco material fotográfico que já pude encontrar, fica difícil saber quando afinal a igreja teria sido azulejada. Embora o catálogo seja de 1889, isso não nos informa até quando esta fábrica produziu estes modelos, e por quanto tempo ainda eles poderiam ter durado em estoque mesmo depois que não foram mais fabricados.


Atualização em 31/7/2016

Hoje fiz uma postagem sobre a capela de Nossa Senhora do Desterro em Guaratiba [ >> ], onde curiosamente vemos azulejos de padrão e cercadura também usados na igreja desta postagem. Na pesquisa sobre a história daquela capela, descobri que ela foi reformada em 1911 para um casamento, e teria sido azulejada em sua fachada nesta reforma, o que nos dá uma provável data aproximada para o azulejamento da Igreja Nossa Senhora do Desterro da Lapa, uma vez que ambas pertencem à ordem Carmelita, são dedicadas à mesma santa, e em ambas foram usados azulejos da mesma fábrica francesa, sendo que todos os padrões constam de um mesmo catálogo.


Atualização em 25/12/2017

Hoje por acaso encontrei estas pinturas do Gustava Dall'Ara, de 1908 e 1910, mostrando que a igreja já estava azulejada nesta altura.


12 comentários:

  1. Bom trabalho Fábio!!

    Nunca experimentaste consultar o arquivo da paróquia? A encomenda desses azulejos deve ter sido registada em algum lado. Experimenta escrever ao pároco a indagar sobre os arquivos da paróquia ou da chamada comissão fabriqueira relativos aos finais do séc. XIX, inícios do XX. Pode ser que encontres documentação relativa à encomenda.

    um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luis,
      Obrigado pela sugestão, é uma ótima ideia. Se fosse o caso de uma pesquisa profunda sobre uma igreja específica, valeria o trabalho, mas não é o caso aqui. Este levantamento é apenas um hobby, que pretendo (desta vez) não transformar em quase uma pesquisa acadêmica, como tudo que comecei como hobby. Preciso focar minha energia e tempo em minha atividade principal, que muitas vezes deixo de lado pelas distrações.
      abraços!

      Excluir
  2. Fábio!!
    Senti-me empolgar com o seu achado do catálogo. Bom trabalho. Bem que sonho com algo no género :) O catálogo está disponível na net?
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Paula,
      Vou lhe enviar por email.
      abraços!

      Excluir
  3. Na cidade de Picuí Paraíba temos um sobrado com azulejos franceses e pinhas vidrada Portuguesas do fim do século doX, em perfeito estado e com várias atividades culturais e educacionais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilha! Tentei achar algo com o Google, mas não encontrei. Se tiver um link de alguma matéria ou foto sobre o czsarão, agradeço se puder compartilhar aqui.
      abraços!

      Excluir
    2. Acho que o encontrei:

      https://www.google.com.br/maps/@-6.5105468,-36.34655,3a,75y,270.74h,105.35t/data=!3m6!1e1!3m4!1sHrfzs0Nvd-IqWZ8Kh6dzkQ!2e0!7i13312!8i6656

      Excluir
    3. Há um outro de 1900 perto da Igreja Matriz infelizmente com azulejos contemporâneos, anos 1990 ou 2000, típico das construções residenciais mais recentes.

      https://www.google.com.br/maps/@-6.5110099,-36.3462215,3a,75y,164.8h,102.48t/data=!3m6!1e1!3m4!1sF3nNF_PGuJyonM1FYGjAKg!2e0!7i13312!8i6656

      Excluir
  4. Sim. Atualmente estes aluzejos do sobrado, do lado da matriz, foram retirados. Caso queira depois entre em contato comigo. usspicui@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótima notícia! Obrigado por deixar aqui esta informação.
      abraços

      Excluir