quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Centro LXI - rua da Alfândega

A gente sempre acha que já raspou o tacho, para logo descobrir que ainda há mais um restinho lá escondido num canto. Hoje veremos um sobrado comercial na região do Saara no Centro do Rio.


Localizado no centro histórico do Rio de Janeiro, o SAARA (sigla da Sociedade de Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega) é considerado o maior shopping a céu aberto do Estado. Formado por onze ruas nas adjacências da Rua da Alfândega, reúne mais 800 lojas, a maioria voltadas para o comércio popular. A região foi originalmente ocupada por imigrantes de diferentes nacionalidades no final do século XIX, que montaram pequenos negócios para o sustento da família. A arquitetura antiga das lojas que compõem o Pólo ainda está (relativamente) preservada mantendo (uma certa) aparência da época. [fonte (editado) >>] Veja neste blog [>>] um resumo do comércio do Saara.
Voltando ao sobrado, cuja fachada é praticamente toda em cantaria, há apenas uma pequena área acima das janelas com os belíssimos azulejos em relevo pintado com vernizes translúcidos.



Estes azulejos são provavelmente Ingleses, fabricados pela fábrica Pilkington, pelos primeiros anos do século XX. A Pilkington foi fundada em 1889, por William Burton, e continua até hoje em funcionamento.

Exemplar do mesmo padrão, com a marca no tardoz da fábrica Pilkington.

Embora, por estarem muito altos, não me tenha sido possível medir os azulejos, eles já foram vistos aqui no no início do blog, há vários anos, nesta postagem [>>]. Se forem os mesmos azulejos, o que me parece provável, eles terão 6 x 6 polegadas, o que é pouca coisa maior do que 15 x 15 cm.

Nas fotos abaixo vemos duas áreas onde houve reposição com umas "réplicas" engraçadas, completamente planas. No primeiro grupo, ainda tentou-se criar uma ilusão do relevo, mas já no segundo grupo nem mesmo isso se deram ao trabalho!



Para finalizar, uma foto completa da fachada do primeiro piso deste sobrado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário