quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Saúde XIV - rua Acre

Este é talvez o padrão mais hilário que já encontrei dentre os criados com o uso de duas cores de azulejos retangulares iguais aos do norte de Portugal. Diria que beira o bizarro. O prédio parece estar eletrificado, vibrando, zunindo. É quase um exemplar precoce de op-art que viria a acontecer nos anos 1950.



Infelizmente não há indicação do ano de construção do prédio. Os seus vizinhos mais próximos que apresentam ano de construção são da última década do século XIX, e alguns poucos são já do início do século XX. Como o desenho da fachada em si não apresente qualquer elementos do eclético de influência francesa, pode até mesmo ser o caso de um imóvel colonial de meados do século XIX, que na virada do século, ou primeira década do séc. XX foi reformado e recebeu os azulejos retangulares, que foram muito usados, pelo o que tenho visto, nos imóveis dos primeiros anos do século XX.



Visão do conjunto onde encontra-se o imóvel.
A rua Acre como conhecemos hoje é resultado das renovações urbanas da administração de Pereira Passos. Ela foi aberta a partir do alargamento e retificação do traçado da antiga rua da Prainha, que ligava a Avenida Marechal Floriano ao Largo da Prainha, que era o antigo porto da cidade, que foi aterrado, ampliado, modernizado, e tornou-se a ataul Praça Mauá.

Na foto abaixo, de 1903, já vemos a rua Acre quase pronta, misturando imóveis coloniais antigos, com típico aspecto formal lusitano, com os novos sobrados de estilo eclático de influência francesa. O curioso é que embora a via tenha sido alargada, as calçadas são ainda mínimas, estreitas demais, como é ainda hoje em dia em todas as antigas ruas do Centro da cidade.


Na foto abaixo de Augusto Malta, publicada no jornal O Commentario no 8/3/1904, podemos ver a rua sendo inaugurada, porém com um bloco inteiro ainda com escombros, pois neste pedaço, que faz esquina com a rua São Bento, as obras seguiam em direção a esta outra rua.

fonte: http://www.rioquepassou.com.br/2006/12/13/rua-do-acre-obras-de-abertura/

Se você tiver curiosidade em saber mais sobre a história desta rua, eu recomendo este excelente link.

Nenhum comentário:

Postar um comentário